23 dezembro 2009

Seu epitáfio

Essa saudade que te perturba
Essa dor que te machuca
Que faz doer teu coração

De laços que se romperam
De abraços que se perderam
Tão cheios de emoção

De quem se foi tão cedo aos teus olhos
Partida jamais superada, sofrida
Dura partida.

Caminho sem volta , escuro e vazio
Dor das ciladas do destino
Sentimento frio


As manhãs não são as mesmas
E as madrugadas são de neblina
Manchou-se o azul do teu céu

E relembras a voz de quem sumiu
Ficando a amarga saudade de quem partiu.

Nathália Monte

5 comentários:

Anônimo disse...

Amiga,ficou lindo demais *-*

By: Yhanndra

Anônimo disse...

Lindo poema, só poderia ser da minha maninha :)

Luiz Filipe disse...

Muito bom esse, hein!
Beijos!

Luiz Filipe!

Nathi disse...

É..achei legal também...mas é triste.

Female Diary disse...

muuuito triste bixo, mas é liindo!