20 janeiro 2010

Trocas [ Ou quase amor]

Para onde levastes
Minha capacidade mental?
Roubaste-a para ti
Usando teu charme, teu jogral!

Agora ando por ai a vagar
Sem rumo, sem acerto.
Só lembrando dos teus olhos
Que foram meu desconserto.

Penso também nos teus lábios   
Teu sorriso sem jeito;
E no desejo afoito
De proteger-te no meu peito!

Se pudéssemos sair do apenas olhar...
Vê a felicidade que teria sido!
Mas fora tudo muito errado.
O amor nascera proibido.

Mas agora que os olhos fecharam
E a realidade nos separou
Percebo que boa parte do meu ser
Teu coração consigo levou.

E sei muito bem
Que levastes também
Um pouco da dor.

Mas te agradeço por me deixar
Uma boa lembrança
De um quase-amor.

Yurii Araujo

8 comentários:

bela disse...

mto romântico yuri .
eu sempre soube Q dentro dessa casca sombria tinha um poeta romântico . kkkkk
é lindo é lindo .
;*

vitória disse...

apesar de não ser uma pessoa romântica .
adorei o poema (:

Eric Jones disse...

Oush Yurii!??!
As meninas estão te subestimando, hein!?!?
Um homem pode ser muito bem romântico, viu!?!?
Muito, muito legal mesmo!
Não é por que eu conheço vocês, não, mas vocês se garantem muitooo!
^^

- Eric Jones -

Nathi disse...

Yuri...sem palavras.
Tá bom, uma palavra só: perfeita!

Anônimo disse...

Eu fui uma das primeiras a ver o poema,tá? XD
Eu cheguei a pensar aqui (matutando e tal..) quem é a musa ;]] kkkkkkk
Yuri apx. MeuDeus . Mas o poema é LINDO. ^^

By: Yhandra

Yurii disse...

Ah Yhandra...
Ai quer demais né?! kkkkk

Juliana Rodrigues disse...

Nooossa coxinha romântica?
AHUSIHUI, aah eu amei yuri *-*
mto fofo.

Muckyo disse...

Eu viajo nesse poema... pensando em alguém em quem amo very much!!