23 janeiro 2010

Prova

Até onde vai a sua fé?
perder a vida por quem não te merece
amar aquele que só te desprezou
e ouvir insulto à prece

pregar o amor e curar enfermidades
lavar a alma e resgatar da morte
e a troco disso ser alvo da maldade
sentir-se só e entregue a própria sorte

oferecer um abraço, ser o próprio amor.
Se doar, salvar.
Inexplicavelmente e incondicionalmente,
amar.

ser o teu sorriso
iluminar a tua escuridão
fazer sorrir teus olhos
dando alegria em imensidão

enfrentar o calvário, a vergonha, a injúria
e mesmo assim suportar de pé.
Reflita em seu coração petrificado:
até onde vai a sua fé?


Nathália Monte

5 comentários:

Yurii disse...

Certos poemas dão um tapa na gente, hein?
Tipo: Te liga! Que tas fazendo da tua vida??

Incrível Nathi, faz a gente ter muito o que pensar!

Nathi disse...

Eu gosto de exaltar o momento da crucificação porque, é a razão da gente tá aqui hoje, vivo e salvo.
Mas tu também tem um desses Yuri! :)

Michelli ♥ disse...

"oferecer um abraço, ser o próprio amor.
Se doar, salvar.
Inexplicavelmente e incondicionalmente,
amar. "

Muito Linda Nathi, parabéns!!

como disse Yuri, Certos poemas dão um tapa na gente.
ameei!

Moisés Diniz disse...

Olá! Você é do Acre? Não consegui identificar pelo perfil. Qual o teu nome?

Teu blog já está linkado em ECOS SOCIALISTAS (http://moisesacre.blogspot.com), na página SÍTIOS ESPECIAIS.

Em breve você fará parte de uma grande rede, a dos blogueiros do Acre.

Então, ficará mais fácil a troca de idéias, de sonhos e de talentos.

Quantas poesias lindas como essa poderiam ser compartilhadas!

Um abraço,

Moisés Diniz

Amanda Lins disse...

Nathalia, fiquei impressionada com o seu talento e sua sensibilidade. Não sabia que vc escrevia. Que talento!!
Tocou muito forte no meu coração.
Deus te abençoe. Bjs.