27 junho 2010

Indagações físicas

Sou um pássaro cativo,
desfrutando uma tal liberdade
que já não sei...

De fato, a matéria é cativa,
todavia o espírito é livre.
A alma espera o descanso
que ao findar o corpo a dará.

Alguém libertou minh'alma!
Sangue foi derramado,
mas a matéria,quem a libertará?

Yhanndra Karine

5 comentários:

fabio o pit bull disse...

Olha vou te falar... Ta muito louco esse texto, mas, tipo, louco de bom ta ligada? Não é muito profundo, não para mim,mas é crueu!Massa!!!

Nathália Monte disse...

Amiga, esse texto tá MUITO forte.
A gente tá acostumado a ver amor, carinho, vida (temas bonitos, mas manjados) em várias poesias. Mas falar sobre liberdade foi mesmo uma audácia e que deu muito certo :D

Yurii disse...

Foi o intróito do encontro de domingo:
"A alma espera o descanso
que ao findar o corpo a dará."

nathalymonte disse...

que liiindo vey :O

vivi disse...

teminha
-sauhaushaush
piadas internas;*